quarta-feira, 27 de junho de 2012

Começam as mudanças para os apartamentos de Changjon



No final do mês de junho, começaram as mudanças para os apartamentos recém-construídos da Avenida Changjon. Como noticiado pela agência de notícias da RPDC, KCNA, o dia 22 de junho testemunhou diversos caminhões de mudanças e festas de comemorações de cidadãos que recebiam gratuitamente os luxuosos apartamentos.

A senhora Pak Hye Yong, operária da Fábrica de Malhas de Pyongyang, olhou admiravelmente o interior da nova casa onde moraria. Além dela, vários outros operários, intelectuais e cientistas que receberam as casas, apareceram para verificar as novas moradias recebidas. O senhor Cha Myong Uk, veterano de guerra, disse à KCNA: “Sinto-me grato ao respeitado camarada Kim Jong Un, que deu grande atenção à construção da Avenida Changjon para dar ao povo melhores condições. Muito obrigado, camarada Kim Jong Un. De fato, é inimaginável numa sociedade capitalista, onde o dinheiro significa tudo, que pessoas normais do povo trabalhador tenham acesso a casas como essas, livres de impostos. Tais são as enormes vantagens do nosso sistema socialista, centrado nas massas”.

Ri Sang Chol, operário do Birô de Orientação de Tráfego de Pyongyang, disse: “Minha família foi recebeu um dos novos apartamentos sob o amor do querido e respeitado Kim Jong Un, que é idêntico ao Presidente Kim Il Sung e ao dirigente Kim Jong Il. Não fui de grande ajuda para o país. Mas, Kim Jong Un, que trata os operários preferencialmente, prestou um enorme favor a mim, um trabalhador regular. Muito obrigado, camarada Kim Jong Un”.

As senhoras Kim Jong Sun (46), Ri Sun Hui (55) e Kim Myon Sun (51) também se mostraram agradecidas e felizes com os novos apartamentos recebidos.

Pal Pyong No, outro veterano de guerra, disse: “Já recebi novas casas do Estado, várias vezes. Mas esta nova casa, moderna, foi oferecida à minha família de novo. Tal fato jamais poderia acontecer numa sociedade capitalista. Penso que somente nosso país dá prioridade à classe operária e ao povo trabalhador”.

Nam Sung Guk, chefe da sessão do Birô de Construção Civil no Exterior, disse: “Os preços das casas aumentam sem parar nos países capitalistas ocidentais. Nos Estados Unidos, o preço médio de um apartamento está agora em cerca de 177 mil dólares. Muitas pessoas vivem agora nas ruas. Tal fato me faz ver as claras vantagens do nosso sistema socialista”.

No dia 26 de junho, o senhor Kim Song Dok, vice-presidente do Comitê Popular da Cidade de Pyongyang, foi entrevistado pela agência coreana central de notícias sobre a construção da Avenida Changjon. Segundo ele, a Avenida Changjon representa a vontade de Kim Jong Un de construir uma nação prospera a qualquer custo. Continuando, disse que os Estados Unidos e as forças aliadas contra a RPDC estão querendo sufocar a RPDC a todo custo, por meio de pressões militares, políticas e econômicas – a situação econômica do país ainda está difícil por conta das sanções e do bloqueio das forças hostis. Ressaltou que a agricultura do país foi severamente afetada por uma seca devastadora. Contudo - prosseguiu -, o povo da RPDC jamais baixou a cabeça diante das dificuldades e seguirá firme na construção do melhor modelo de socialismo que já existiu, assim como no fortalecimento da unidade monolítica entre o Partido, o Povo e o Líder.








9 comentários:

  1. Que os novos moradores sejam felizes nas suas mais novas moradias, e realmente tem que agradecer muito ao grande presidente Kim Jong-Un, além do falecido presidente Kim Jong-Il por possibilitarem tamanha satisfação para o povo norte-coreano!
    Enquanto no mundo capitalista globalizado existem pessoas na fila de espera pra uma moradia digna e decente, na Coréia do Norte a propriedade é um direito de todos, não de poucos como é no sistema capitalista selvagem.
    Realmente, parabéns à Coréia do Norte e parabéns ao Partido do Trabalho, e parabéns ao presidente Kim Jong-Un!

    ResponderExcluir
  2. Uau, pessoas se mudando para um novo apartamento, que incrível. Por sinal, alguém explica por que os norte coreanos são tão atarracados em comparação aos do sul?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E você então foi até a Coréia do Norte medir um por um, caro Vitor?
      Era só o que faltava, agora até a altura das pessoas é "culpa do sistema socialista".
      Esses capitalistas sempre inventam alguma malícia pra atacar o socialismo, por mais absurdo que seja, como presenciamos agora!
      A Coréia do Norte segue forte, mesmo sob a inveja e olho gordo de tantos reacionários.

      Excluir
  3. Não conhecia o significado da palavra "atarracado". Fui procurar no dicionário e vi que "atarracado" seria equivalente a uma pessoa baixa e musculosa. Os coreanos em geral são de estatura pequena (cerca de 1,70 m como altura média), assim como os chineses, japoneses e demais habitantes do Leste Asiático. Não sei quanto aos coreanos do sul, mas no norte o incentivo à prática esportiva, à ginástica, ao atletismo etc. é algo feito desde a infância. Deve ser por isso.

    ResponderExcluir
  4. Na média os japoneses e sul coreanos já são claramente mais altos que os norte coreanos devido a uma alimentação menos restrita.

    http://www.bbc.co.uk/news/magazine-17774210

    O artigo até tenta ser bem cético em relação a isso, mas as evidências são bastante fortes.

    So what's the truth? Professor Daniel Schwekendiek from Sungkyunkwan University in Seoul has studied the heights of North Korean refugees measured when they crossed the border into South Korea.

    He says North Korean men are, on average, between 3 - 8cm (1.2 - 3.1in) shorter than their South Korean counterparts.


    Schwekendiek points out that the height difference cannot be attributed to genetics, because the two populations are the same.

    "We're dealing with the Korean people," he says, "and Korea is interesting because it basically hasn't experienced any immigration for many centuries."

    "If you look at older Koreans," says Schwekendiek, "we now see a situation where the average South Korean woman is approaching the height of the average North Korean man.


    E se os norte coreanos são tão apaixonados por esporte e atletismo, por que o grande líder é tão rechonchudo? Ele não deveria servir de exemplo?

    ResponderExcluir
  5. Caro Vitor Roma,

    Apesar de eu ter verificado que você acompanha a página há algum tempo, parece não ter notado, de fato, que o espaço de comentários é destinado a sugestões, críticas e a mais uma série de comentários com o intuito de fomentar o debate em torno da RPDC. Todas as opiniões, tanto a favor quanto contra a Coreia, são respeitadas. Contudo, não podemos tolerar aqui condutas incorretas como ironias inúteis e ofensivas ou insultos pessoais contra quem quer que seja – chamar fulano de “gordo”, “baixinho”, “viado” ou de qualquer outra coisa não vai acrescentar nada ao debate e a um conhecimento sobre a realidade coreana. Não que nós não sejamos capazes de responder a tais ofensas, mas apenas achamos que o espaço de comentários não é o local mais apropriado.

    A sua última postagem não será apagada porque o que estamos dando aqui é apenas um aviso para que você não se frustre ao ver suas postagens apagadas após um grande esforço para escrevê-las. Já estamos avisando que qualquer próxima postagem que contiver algum conteúdo ofensivo, independente de você ter debatido racionalmente ou não, será apagada.

    Mas, respondendo à questão que você havia colocado: Realmente, não tenho maiores informações acerca da altura média dos coreanos do sul ou dos japoneses. Só sei que a altura “regular” na Coreia do Norte situa-se em torno 1,70 m. Para saber se uma população “passa fome” ou não, não se deve ir à estatura dos cidadãos em geral, mas sim à produção agrícola, ao nível de consumo e entre outros dados de relevo. O artigo que você mostrou diz que os coreanos do sul são, em geral, de 3 a 8 cm mais altos que o do norte (o que é uma diferença desprezível, cabe ressaltar). Prefiro não opinar sobre o assunto, já que não sou biólogo, médico ou estudante da área e também não conheço quais são os fatores que levam ao maior ou menor crescimento (em termos de estatura) de uma pessoa. Posso especular que um crescimento maior dos sul-coreanos pode ter acontecido devido a uma penetração estrangeira (principalmente por parte dos norte-americanos, que são mais altos) muito grande, fato esse que não aconteceu na parte norte da Coreia, desde a época da libertação em 1945.

    Forte abraço!

    Alexandre Rosendo
    Editor do blog

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo Blog. Já acompanho há algum tempo.

    Sugiro, porém, que retirem esse recém colocado "espaço publicitário".

    Fica complicado ver um anúncio do burger king entre duas notícias que falam de conquistas sociais e política anti-imperialista.

    As organizações do campo popular e revolucionário, para manter sua independência, não devem ser custeadas pelo capital.

    Um abraço,

    Jr.

    ResponderExcluir
  7. Quanto a altura média dos coreanos, já no tempo da Copa do Mundo de 2002 já se falava em como os sulcoreanos tem estatura baixa. Eu realmente desconfio muito desse tipo de informação quanto ao Norte. Como foi medido isso lá na RDPC, por exemplo? Os capitalistas foram lá medir um por um? Acho que não, né?!

    Abraços e Saudações Anti-imperialistas!

    ResponderExcluir
  8. Na Coreia do Norte que é satanizada pela "midia burguesa" os apartamentos modernos vão para o povo, trabalhadores simples, que ocupam cargos que em paises capitalistas são para pobre. Nem na Noruega uma operaria de uma fabrica de malhas moraria em apartamentos como estes, no brasil nem se fala uma operaria moraria num barracão de favela. O preoblema é que a midia adora tirar fotos e usarem photoshop em apartamentos com pintura desbotada, e colocar como titulo de martéria "a triste realidade do povo norte coreano". Nunca nem na Veja ou na Epoca ou outra revista burguesa, eles falarem das favelas de seul, com serteza e nestes barracoes que uma operaria em uma fabrica de malha mora na rica prospera e desenvolvida Coreia do Sul (http://economia.ig.com.br/2012-06-05/guryong-uma-favela-no-coracao-de-seul.html).
    Mas para colocar fotos de apartamentos com pinturas desbotadas na Coreia do norte eles amam, mas afinal de contas eles estão sertos em caluniar a Coreia do Norte, eles vivem em mansões, os filhos deles estão em escolas particulares, eles tem planos de saúde e uma infinidade de mordomias.
    O povo te, que acordar e ver que o socialismo é vai mudar o mundo.

    ResponderExcluir