CAMPANHA DE SOLIDARIEDADE

sábado, 24 de março de 2012

RPD da Coreia estimula atração de investimentos externos




Pyongyang, 23 de março (KCNA) -- A República Popular Democrática da Coreia está preparando terreno para melhor receber investimentos estrangeiros, segundo Yun Young Sok, diretor do vice-departamento do Comite da RPDC para Investimentos e Joint Ventures. Diz ele, à KCNA:

A economia nacional está se desenvolvendo a um ritmo bastante rápido, com a construção de muitos estabelecimentos industriais e hidrelétricos pelo país. É uma política consistente do governo da RPD da Coreia fortalecer a cooperação econômica com outros países, mantendo como princípio a construção de uma economia forte e autossuficiente. Em dezembro do ano passado, o governo fez novas emendas de leis relacionadas aos investimentos, incluindo a Lei da RPDC para a Regulação de Investimentos Externos, leis relacionadas a joint ventures e colaborações econômicas, tendo a vista a necessidade de se aumentar o comércio exterior e a cooperação internacional.

O governo da RPDC fez leis que estabeleceram zonas econômicas especiais nas ilhas de Hwangghumphyong e Wihwa no rio Amnok, e emendou novas leis para a zona econômica especial de Rason.

O desenvolvimento conjunto e a administração de duas zonas econômicas requer uma nova forma de cooperação. Até então, tal administração tem sido feita de uma maneira satisfatória, por conta de esforços ativos tanto da RPDC quanto da China.

Contratos com relação a joint ventures e colaboração conjunta crescerão à medida em que cresçam também as condições para receber os investimentos. As terras abundantes no país e a avançada infraestrutura contribuem para atrair investimentos externos para a RPDC.

Um comentário:

  1. Só espero que a RPDC seja cautelosa com essa abertura de mercado, para não deixar que os oportunistas desestabilizem o país.

    ResponderExcluir