CAMPANHA DE SOLIDARIEDADE

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

62 anos da República Popular Democrática da Coréia – fortalecer o movimento de solidariedade ao país

Primeiramente, o Blog de Solidariedade à Coréia Popular gostaria de saudar o povo coreano, o Partido do Trabalho da Coréia e seu secretário-geral, camarada Kim Jong Il. Desde a fundação da RPD da Coréia, em 09 de setembro de 1948, o povo coreano e o seu partido demonstram grande capacidade de resistência às provocações do imperialismo norte-americano, japonês e das autoridades títeres sul-coreanas. Nesta saudação, não poderíamos deixar de lembrar da figura do grande líder da RPD da Coréia, camarada Kim Il Sung. Ainda muito jovem, Kim Il Sung deu início a sua atividade como exemplar revolucionário e patriota. Logo se tornaria o principal líder da luta para que a Coréia se libertasse do imperialismo japonês. Fundou diversas organizações revolucionárias, entre elas a União para Derrotar o Imperialismo, a União de Juventude Comunista da Coréia  e o Exército Revolucionário Coreano.

Quando decidimos criar um espaço na internet destinado a publicar informações sobre a RPD da Coréia, tínhamos como objetivo fortalecer o movimento de solidariedade ao país. Não foram poucos os que acharam nossas idéias “excêntricas” e “voluntaristas”. Alguns diziam que a Coréia Popular não poderia servir de referência aos comunistas brasileiros, pois o país havia se convertido em uma “ditadura”, devendo ser apoiado, no máximo, criticamente. Obviamente, não demos ouvidos a estas pessoas, que na grande maioria das vezes, falavam sem ao menos procurarem saber o que realmente se passa no país. Seguimos uma sábia reflexão de Karl Marx: “As idéias dominantes de uma época, são as idéias da classe dominante” e assim fomos tentar aprofundar nossos conhecimentos sobre a RPD da Coréia não dando muitos ouvidos aos grandes meios de comunicação burgueses.

Ao conhecermos a Idéia Juche, nos deparamos com um novo pensamento revolucionário, que não era um simples desenvolvimento do marxismo-leninismo, mas uma nova ideologia revolucionária; o socialismo científico dos comunistas coreanos. Guardando as devidas diferenças existentes entre Brasil e Coréia, obviamente que a Idéia Juche pode nos ensinar importantes lições, das quais destacaria o valor que os comunistas coreanos dão a questão nacional. Se hoje é comum falarmos que não existem modelos de construção socialista, que cada país construirá o socialismo levando em consideração suas peculiaridades nacionais, os comunistas coreanos não apenas falavam, mas começaram a aplicar na prática este princípio correto já em meados da década de 30. Infelizmente, muitos comunistas de outros países não chegaram as mesmas conclusões, inclusive nós brasileiros, o que resultou em gigantescas derrotas para a causa revolucionária em nossos países.

Não acreditamos que a solidariedade internacionalista seja algo secundário no processo de construção de um bloco progressista, transformador e anti-imperialista. É dever de todos os militantes anti-imperialistas defender aqueles países que são ameaçados pelo imperialismo. Para os comunistas, defender um país que constrói o socialismo constitui um principio ideológico inerente a nossa ideologia.

O Blog de Solidariedade à Coréia Popular reconhece as dificuldades existentes para a edificação de um movimento de solidariedade à Coréia Popular, mais sólido e organizado, mas desde já conclama os militantes de partidos de esquerda a se somarem nesta luta.

Viva os povos em luta!

Viva à República Popular Democrática da Coréia!

Viva o Partido do Trabalho da Coréia e o líder Kim Jong Il!

Abaixo o Imperialismo! Viva o Socialismo!

Assinado:Blog de Solidariedade à Coréia Popular

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir