terça-feira, 30 de outubro de 2012

Cidades da Coreia do Norte: Wonsan

Muitas pessoas, "comunistas" ou não, criticam o suposto fato de a RPDC concentrar todos seus esforços em melhorar a capital, que "mostram Pyongyang como uma cidade-cenário, totalmente diferente do resto do país, tomado pela fome e estagnação." Será isto verdade? Não, de maneira alguma. Pyongyang, como capital que é, sem dúvidas é a mais desenvolvida, como toda capital. Contudo, isso não significa que as demais cidades e províncias não sejam também desenvolvidas, onde lá os moradores desfrutam de uma vida feliz e confortável.

Por isso, pensamos que a série de publicações "Cidades da Coreia do Norte" será de grande valor para o esclarecimento aos leitores sobre outras cidades e províncias da RPDC. Começaremos com a cidade de Wonsan:

Wonsan (원산시) é uma cidade costeira que se encontra no Golfo de Tongjtchoson, a cerca de 200 km de Pyongyang, na província de Kangwon. Sua população, de acordo com censo de 2008, era de 363.127 habitantes. Foi nesta cidade onde se capturou o farmoso barco-espião norte-americano USS Pueblo. Wonsan, além de ser uma cidade portuária, com estaleiros e fábricas de transformação de produtos aquáticos, possui uma pequena indústria pesada, do setores de produtos químicos e produção de cimento.


Wonsan, sendo bombardeada na Guerra da Coreia

Wonsan à noite, nos dias de hoje


Assim como todas as cidades da RPDC, Wonsan foi completamente destruída na Guerra da Coreia de 1950-1953. Os grandes esforços do povo coreano, juntamente com o sistema socialista, levantaram esta cidade do monte de escombros. Assim como em todas as cidades da RPDC, a educação universal e gratuita é um dos pilares de Wonsan. Por isso, nela se encontram a Universidade de Economia de Wonsan, a Universidade Pesqueira de Wonsan, a Universidade de Agricultura de Wonsan, a Universidade Geum e a Universidade Tecnologica de Wonsan. Entre todas essas, chama atenção a Universidade de Agricultura de Wonsan. Ela se destaca por seus quilométricos campos de bosque e por possuir uma biblioteca com mais de 100 mil livros. Em tal universidade, estudam inclusive alunos do Vietnã, Camboja e Guiné.


Parte de frente Universidade de Agricultura de Wonsan

Grandes bosques da universidade

Além da educação superior, a educação obrigatória é sempre gratuita e de qualidade. Como se podem ver nas imagens seguintes, a educação e felicidade das crianças de Wonsan:





Em Wonsan é realizado, também, todos os anos, o Acampamento Internacional Songdowon. Este acampamento internacional reúne crianças de diversos países, como da própria RPDC, Rússia, Mongólia, China, Vietnã e Tanzânia. Os acampantes se preparam tanto física quanto espiritualmente. Reforçam laços de amizade entre si praticando esportes, atividades artísticas e jogos recreativos, celebrando o Dia Nacional da RPDC, e com outras atividades.

Quando o Acampamento Internacional de Songdowon, a área de instalações de Songdowon segue sendo utilizada. A área consta de 500 hectáres e dispõe de um jardim botânico e zoológico.




No caso de não quererem ir ao parque de atrações, podem relaxar com uma agradável visita à praia.

Também podem ir ao museu, ao cinema, teatro, etc. A cultura é outro dos pilares mais importantes da RPDC. Com a diferença de países capitalistas, onde a cultura é usufruida somente por quem possui dinheiro, na RPDC é um patrimônio de todo o povo:

Museu revolucionário de Wonsan
Cinema de Wonsan
Jovens de Wonsan se divertem em praia
 
Os meios de propaganda do imperialismo, por não terem argumentos para encontrarem alguma "pobreza" em Pyongyang, falam que todo o resto da Coreia do Norte estaria afogada na miséria, e que todas as demais cidades somente funcionariam para sustentar a "cidade-cenário" Pyongyang. A propaganda também que na RPDC existe um grande sistema de castas, onde os familiares que não participaram da Revolução ou que não estão a favor do governo estão fora de Pyongyang. Contudo, a realidade desmente as mentiras. Caso isso fosse verdade, certamente o governo socialista da Coreia estaria dando aos "dissidentes", ao invés de prisão, um verdadeiro paraíso.

Todas as fotos de Wonsan, cidade da província de Kangwon, estão disponíveis na página do Facebook do Solidariedade à Coreia Popular.

4 comentários:

  1. Muito obrigado, vou acompanhar de perto essa série sobre as cidades da RPDC no Blog!

    Vi coisas sobre Wonsan no YouTube mas não sabia que era lá, pois não tem muito material traduzido para o português.

    ResponderExcluir
  2. Gostei da iniciativa de mostrar as outras cidades da Coréia do Norte! É muito bom conhecer outras províncias e ver que, por exemplo, Wonsan é tão bonita quanto Pyongyang. Fiquei impressionado com a arquitetura belíssima das construções, como por exemplo do Museu Revolucionário e da Universidade de Agricultura. Lamentável saber que temos que recorrer a meios alternativos na internet para temos acesso a estas coisas, visto que nenhum meio de comunicação televisivo da mídia, revela algo sobre a beleza e o desenvolvimento da Coréia do Norte, e sim, mostra o país como a "Ditadura mais fechada do mundo".

    ResponderExcluir
  3. Nenhuma dessas crianças estão subnutridas ou mal vestidas até quando a midia burguesa vai inventar mentiras sobre a Coreia do Norte.

    ResponderExcluir
  4. Por incrível que pareça Wonsan é mais bonita que Pyongyang.

    ResponderExcluir