CAMPANHA DE SOLIDARIEDADE

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Povo coreano comemora o aniversário de 15 anos da eleição de Kim Jong Il para secretário-geral do Partido do Trabalho da Coreia


Há 15 anos, no dia 8 de outubro de 1997, o dirigente Kim Jong Il foi eleito secretário geral do Partido do Trabalho da Coreia.

Em tal período, a Coreia Popular se encontrava numa situação verdadeiramente difícil. No período posterior à queda do socialismo nos países do Leste Europeu entre finais de década de 80 e início dos anos 90, os EUA e outras forças imperialistas, com o fim de extirpar o socialismo no planeta, intensificaram como nunca a extrema pressão político-militar, assim como sanções e bloqueios, contra a Coreia Socialista.

O povo coreano sofria o máximo martírio nacional: o falecimento, em 8 de julho de 1994, do Presidente Kim Il Sung, que liderou o país durante quase meio século. Além disso, inúmeros problemas como sucessivas calamidades naturais levaram o país à escassez de alimentos. Em meio a tal situação difícil, a RPDC levava a cabo uma severa luta para defender o socialismo.

Mal havia sido eleito secretário-geral do PTC, Kim Jong Il difundiu entre o povo a fé no futuro: apresentou o projeto para construir uma próspera potência socialista, onde tudo abunda e onde os cidadãos possam viver felizes, sem ter nada a se preocupar no mundo. Costumava-se dizer que o exitoso lançamento, em agosto de 1998, do satélite artificial Kwangmyongsong-1, manufaturado e lançado com tecnologia 100% nacional, foi a declaração solene do início da empresa da construção de país socialista próspero.

Kim Jong Il, com o fim de fortalecer o poderio ideológico-político e militar do país e rechaçar as manobras agressivas dos imperialistas, propôs a política Songun (primado dos assuntos militares), definindo-a como modo fundamental da política socialista e aplicou-a constantemente em suas ininterruptas visitas de orientação às unidades militares. 


 
Kwangmyongsong-1, primeiro satélite artificial da Coreia socialista



Membros da Guarda Vermelha Operário-Camponesa em treinamento



Militares contribuem em vários setores da edificação socialista


O PTC tomou várias medidas para lograr que em toda a sociedade prevalecesse o ambiente de dar importância aos assuntos militares, para que todos os civis aprendessem com o estilo militar revolucionário. Dessa maneira, a política Songun ganhou apoio e respaldo por parte do povo coreano.

O Exército Popular tomou para si difíceis tarefas na edificação socialista, desprendendo um abnegado espírito na construção de monumentais construções da era do Partido do Trabalho da Coreia, levando para uma etapa mais alta a unidade monolítica na sociedade.

O poderio nacional, em seu conjunto, testemunhou um extraordinário fortalecimento, chegando a dispor de uma potente capacidade de dissuasão nuclear. As políticas do Partido do Trabalho da Coreia se mostram exitosas no caminho para desenvolver com rapidez a economia nacional. Graças aos esforços do Exército Popular, foram construídas muitas centrais hidroelétricas. O povo coreano arou terras do país como extensas parcelas e abriu canais de irrigação por gravidade, cumprindo magnificamente as resoluções do PTC de consolidar a base do desenvolvimento da agricultura.

Acatando o famoso chamado de Kim Jong Il para dirigir os olhares para o mundo, porém com os pés bem postos no país, e com a ideia do Partido do Trabalho de superar o que havia de mais adiantado, o povo coreano se pôs à frente da tecnologia CNC, e adquire grandes conquistas também nas esferas de tecnologia nuclear, cosmonáutica, biotecnologia, etc. 


Complexo Metalúrgico Chollima


Dirigente Kim Jong Il inspeciona Complexo Vinalon 8 de Fevereiro


Indústria de construção de máquinas


Entregando-se de corpo e alma à causa da edificação de um Estado próspero e poderoso e à melhoria da vida populacional, continuou, sem descanso nem trégua, à marcha forçada, realizando inúmeras visitas de orientação, até falecer no dia 17 de dezembro do ano passado, 2011, em um trem, em meio ao cumprimento de seu dever, por conta do acumulado esgotamento físico e mental.

A IV Conferência do Partido do Trabalho da Coreia, realizada em abril de 2012, decidiu ter o Dirigente Kim Jong Il, que defendeu a dignidade e a independência da Coreia socialista com a direção Songun e fortaleceu e desenvolveu o Partido do Trabalho da Coreia como um invencível Partido revolucionário, como eterno secretário-geral do Partido do Trabalho da Coreia. Nesse momento, a RPDC fortalece a indústria leve e a agricultura para produzir saltos decisivos na melhoria da vida populacional e na construção de uma grande potência próspera. O Complexo de Vinalon 8 de Fevereiro, na cidade de Hamheung, centro industrial, situado no leste do país, foi modernizado e produz com matérias-primas autóctones uma grande quantidade de fibras de vinalon.

Na RPDC, foi estabelecido um novo sistema de produção de fertilizantes mediante a gaseificação do carvão (abundante no país), abrindo uma segura perspectiva de registrar saltos decisivos na produção agrícola. Em vários locais do país, foram construídas ou modernizadas modernas fábricas de indústria leve ou alimentícias, que nos dias de hoje funcionam em plena capacidade.

O Restaurante Okryu, especializado em comidas nacionais e pratos raros, como esturjão e tartaruga, assim como os estabelecimentos culturais a serviço do povo, como o cine Taedongmun, o Grande Teatro de Pyongyang e o Teatro Nacional de Drama, situados na parte central da capital Pyongyang, foram reconstruídos e ampliados magnificamente. Recentemente, na capital Pyongyang, foram construídos o Teatro do Povo, a Avenida Changjon, o Parque de Atrações do Povo Rungna, o Ginásio de Patinaria ao Ar Livre do Povo, assim como várias outras grandes construções.

O novo aspecto de Pyongyang, coerente com a imagem de uma Coreia próspera, é produto dos enormes esforços físicos e mentais do Dirigente Kim Jong Il e da abnegação patriótica do máximo Dirigente Kim Jong Un, centrados para a construção de um paraíso socialista sempre próspero. O Partido do Trabalho da Coreia está disposto a enaltecer o grande Dirigente Kim Jong Il como eterno secretário geral e, sob a direção do máximo Dirigente Kim Jong Un, ser fiel à sua causa e ideologia por todos os séculos.

Um comentário:

  1. Olá colega tudo bem? Eu gostaria de saber quais são os principais titulos sobre o Songun, teria como informar? Obrigado.

    ResponderExcluir