CAMPANHA DE SOLIDARIEDADE

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Cidadão sul-coreano é processado por se posicionar a favor da Coréia do Norte

Mais uma vez, um cidadão sul-coreano foi processado por apoiar o governo socialista da Coréia do Norte.
Há alguns meses assistimos perplexos um caso semelhante, que terminou com a condenação por quatro anos de prisão à uma cidadã da Coréia do Sul que possuía músicas norte-coreanas em seu Pendrive USB.
Pelo viso, o crime cometido por este cidadão de 54 anos, apelidado de Cho, foi ter publicado imagens e vídeos em seu blog Uriminzokkiri defendendo o líder norte-coreano Kim Jong Il. Também o acusam de utilizar um perfil da rede social Twitter para enviar mensagens exaltando o governo do norte.
Em agosto do ano passado foram divulgadas diversas notícias que diziam que o blog Uriminzokkire era dirigido pelo governo norte-coreano. Imediatamente o governo da Coréia do Sul deu a ordem para se proibir o acesso o blog de dentro do país.
Porém, essas notícias careciam de fundamento. Na verdade não era o governo norte-coreano que controlava o blog, mas sim um dissidente residente em seu próprio país, como demonstra esta última notícia.

O caso reflete a repressão que sofre a população coreana por parte de seu governo e nos faz ver como se aplicam a liberdade de expressão na Coréia das liberdades capitalistas. Na Coréia do Sul, como em todos os estados capitalistas do mundo, os inimigos são os que apóiam uma alternativa popular e/ou socialista-comunista ao capitalismo.    

Este cidadão sofrerá em sua própria carne a denominada “Lei de Segurança Nacional”, que contempla amplas penas de prisão para todo aquele que difundir propaganda favorável à Coréia do Norte e o comunismo.

Por mais que se empenhem, a Coréia democrática é a do Norte e a Coréia repressora é a do Sul, para as classes populares, é claro.

16 comentários:

  1. E foi escancarada a hipocrisia dos anticomunistas! Esses ignorantes são o sujo falando do mal lavado.

    ResponderExcluir
  2. Indiquei um Selo de Qualidade para o seu Blog:

    Link: http://blognemcomento.blogspot.com/2011/01/blognemcomento-selo-de-qualidadeprojeto.html

    ResponderExcluir
  3. o que acontece quando um norte coreano exalta a Coréia Livre em um blog?
    aliás, norte coreanos tem acesso a internet?
    podem fazer blogs?

    ResponderExcluir
  4. A "Coréia Livre" é a do sul? hahahahaha

    ResponderExcluir
  5. Anônimo: Na Coréia do Norte a Internet existe, mas não em larga escala por conta de circunstâncias que enumeramos constantemente no blog e que, portanto, creio ser desnecessário repetir. Os coreanos do norte, porém, tem acesso em larga escala à tecnologia da Intranet (Internet restrita aos dominios norte-coreanos). Sobre a questão dos blogs, não sei lhe informar e prefiro receber informações novas de nossos irmãos coreanos antes de comentar sobre o assunto.

    ResponderExcluir
  6. Arthur Dunck Oliveira19 de janeiro de 2011 14:24

    Tanto a Coréia do norte quanto a do sul são repressosas. Não existe comunismo/socialismo com Estado.

    ResponderExcluir
  7. Hipócritas descarados! Adoram falar do Norte, mas fazem pior no Sul!

    A Coréia só será livre quando o imperialismo ianque retirar suas patas sujas daquele país que nada tem a ver com o seu território!

    Depois reclamam quando o Norte ameaça os EUA com um míssil!

    ResponderExcluir
  8. Arthur falou besteira, Socialismo existe sim com estado. É a transição entre o capitalismo e o comunismo.

    O que acontece quando um Nortecoreano faz? Nada, porque os nortecoreanos mesmo nao fazem isso, durante a epoca da guerra quem tinha que ir embora ja foi, poucos são os que sairam depois disso.

    ResponderExcluir
  9. são poucos os que saíram porque não querem ir embora ou porque são proibidos pelas forças de repressão?

    quem quiser ir embora hoje pode ir? sem represálias contra a família que resolver ficar?

    ResponderExcluir
  10. Vocês são muito bobinhos.

    Todos nós sabemos que a Coreia do Norte repreende seus cidadãos e que nenhum cidadão norte-coreano comum tem informações sobre o que acontece fora dos muros da megalomania socialista que insiste em não morrer.

    Vocês não negam em nenhum momento que a Coréia do Norte é um país repressivo e maluco. Vocês apenas atestam (de forma completamente mentirosa) que a Coréia do Sul está no mesmo nível de repressão.

    Ponto número um: não está. Ponto número dois: vocês são loucos. Comparem o número de pessoas que foge da Coréia do Sul pra Coréia do Norte (não conheço nenhum caso que seja) e da Coréia do Norte pra Coréia do Sul (são DIVERSOS).

    A liberdade de viver em um país capitalista e livre como o Brasil é o que permite vocês despejarem lixo por um teclado. Parabéns por usarem esse direito de vocês ao extremo.

    P.S.: se vocês não aprovarem este comentário, estarão apenas provando meu ponto.

    ResponderExcluir
  11. Matheus, você acha mesmo que as baboseiras que escreveu neste espaço podem ser chamadas de “comentários”? Tudo o que você fez aqui foi simplesmente vomitar clichês.

    Também demonstrou a completa falta de capacidade de argumentar e mostrar o seu ponto de vista, sem para isso recorrer a ofensas pessoais.

    Queremos saber o que seria o “nível de
    repressão” da qual você se refere.

    O que fica evidente aqui é que você defende a repressão do estado títere sul-coreano contra os militantes comunistas, patriotas e democráticos anti-imperialistas.

    Se você não conhece nenhum caso de sul-coreanos que fugiram para o norte, você apenas demonstra que é um completo ignorante no assunto; pode ter certeza que muito mais ignorante do que os supostos cidadãos norte-coreanos que supostamente não conhecem o que acontece “fora dos muros” do país.

    ResponderExcluir
  12. Ver esses fanáticos de extrema-direita vomitando comentários sem qualquer base aqui é um barato mesmo. Matheus Simonato, é claro que não somos idealistas para dizer que a Coréia do Norte não é um país repressor. Afinal, o simples fato de existir algo chamado "Estado" lá já a configura como um país repressor. Todo o Estado é um órgão de dominação de uma classe por outra, com a única diferença que na Coréia do Norte existe a ditadura democrática popular da classe operária, dos intelectuais e dos camponeses contra a minoria dos reacionários que a violam. A Coréia do Sul é uma ditadura fascista (não uma democracia burguesa, como o Brasil por exemplo) no qual a repressão é exercida pela burguesia imperialista contra as forças democráticas, e não apenas contra os comunistas.

    ResponderExcluir
  13. Esse é o mesmo tipo de "ditadura democrática popular da classe operária" que matou 110 milhões de pessoas no século passado, do Mao, do Stálin, do Fidel, ou é diferente?

    ResponderExcluir
  14. Anônimo, vamos supor que Mao, Stálin e Fidel tenham matado mesmo 110 milhões de pessoas, com certeza ainda teriam matado MUITO menos do que os países imperialistas que você defende com tanta paixão. Inventar dados é muito fácil, qualquer imbecil pode vir aqui (como é o seu caso) e falar um número qualquer de mortes, atribuindo-las a lideranças revolucionárias, outra coisa é provar. Mas, covardes como você, que se escondem atrás do anonimato (é um direito seu, que não muda o fato de você ser um covarde, não costumam provar nada.

    ResponderExcluir
  15. Sobrou alguém pra contar a história? hahaha

    ResponderExcluir
  16. Respondendo a Perguntas:


    "são poucos os que saíram porque não querem ir embora ou porque são proibidos pelas forças de repressão?"

    São poucos porque nao querem ir! Se quisessem fariam todo tipo de manifestação como as que ocorrem no Egito, e nem adianta falar que nao houve repressão lá até a midia ocidental concorda com isso. Se eles realmente quisessem fugir em massa nao haveria como impedir.

    "quem quiser ir embora hoje pode ir? sem represálias contra a família que resolver ficar?"

    Quem quiser ir embora pode ir seguindo os tramites legais assim como qq um de nós tem que enfrentar ao sair do Brasil. Alem disso o governo nortecoreano apoia e incentiva os encontros periodicos de familias dividas entre norte e sul (O governo fantoche costuma dificultar isso), se fosse realmente esse tipo de governo que tanto falam jamais iam permitir esse tipo de evento.

    ResponderExcluir