CAMPANHA DE SOLIDARIEDADE

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Coreia Popular se despede de Jo Myong Rok, vice-presidente da Comissão de Defesa Nacional

     

“As contribuições de Jo Myong Rok, brilharão junto com o avanço da causa revolucionária”, destaca em documento o Comitê Central do Partido do Trabalho da República Popular Democrática da Coreia (RPDC). O dirigente, vice-presidente da Comissão de Defesa Nacional (considerado o segundo posto na RPDC), faleceu no dia 6 de novembro, acometido de um infarto. 
  
Jo, que tinha 82 anos, era membro do Birô Político do Comitê Central do PTC e deputado da Assembleia Popular.
  
O líder coreano, Kim Jong Il, fez questão de comandar pessoalmente a organização do funeral realizado em Pyongyang.

Como militar, Jo chegara à patente de vice-marechal. Antes de assumir o atual posto no sistema de defesa do país foi o comandante da Força Aérea.
  
Nascido em 12 de julho de 1928, de família de camponeses, no distrito de Yonsa, aderiu às fileiras do Exército Popular da Coreia, comandado por Kim Il Sung, em 1950, quando se destacou nos combates aéreos que derrotaram o invasor norte-americano, na Guerra de Libertação da Pátria. O fundador da RPDC o considerava um dos seus principais homens de confiança.
  
“Foi uma grande perda para o partido, o exército e o povo”, destaca o Comitê Central ao referir-se à “luta dinâmica que travou para conquistar a vitória na construção de uma nação socialista próspera”.
  
 Depois da Guerra de Libertação, Jo ocupou sucessivamente os postos de comandante de esquadra, comandante de grupo, comandante de divisão e comandante da Força Aérea.

Foi condecorado com a mais alta comenda do país, a Ordem Kim Il Sung, entre outras. 

Fonte: Jornal Hora do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário