CAMPANHA DE SOLIDARIEDADE

quarta-feira, 22 de março de 2017

Park Geun-hye irá a prisão

 

Age ainda com soberba Park Geun-hye, expulsa de Chongwadae com a desonra de “primeira presidenta destituída” na história da política sul-coreana.

Ao invés de se arrepender dos seus erros, trata de buscar a salvação ao não aceitar a sentença de demissão decretada pela Corte Constitucional.

Ela reclama sua “inocência” e a “sentença injusta” e fundou uma organização privada chamada “equipe do bairro Samsong” para evitar a prisão.

Nega totalmente 13 suspeitas de delitos atribuídos pela fiscalização e a inspeção especial e reforça o plano de advogados para fazer frente a investigação.

Esta conduta desafiante ante a severa pena da justiça e da opinião pública demonstra que ela é uma víbora.

A recente decisão de destituição significa uma advertência séria da história de que a pior traidora Park lhe reserva a ruína e a morte.

Ela foi sentenciada devidamente por seus incontáveis crimes, entre outros, atos vende pátrias, servilismo ante as grandes potencias, confrontação fraticida, política antipopular, governo fascista e corrupção.

Contudo, a ex-mandatária sul-coreana fala ainda da suposta “verdade” e nega todos seus delitos de maior gravidade, fato que deixa consternado todo o mundo.

Os sul-coreanos de diferentes estratos a criticam qualificando seu comportamento como “clímax da arrogância” e “afronta à história e ao povo” e até no interior do “Partido da Coreia Livre” se escutam as vozes de censura.

Entretanto, os meios de imprensa ridicularizam a atitude desobediente de Park quem caiu na situação miserável de hoje devido a sua torpeza e imprudência.

Se ela tivesse apresentado a tempo a renúncia em consonância a vontade do povo nas manifestações com velas acesas em todo o solo sul-coreano, não haveria chegado ao tão desafortunado destino de agora.

Recusou até o final a opinião pública cumprindo o plano dos advogados para refutar os argumentos da investigação e aos mafiosos conservadores subornados, realizar os protestos de resposta com velas.

É muito ridículo que essa mulher aja ainda com tal soberba tentando evitar sua prisão com a ajuda de alguns imbecis que frequentar o bairro Samsong.

A prisão de Park Geun-hye é seu destino inevitável.

Da KCNA

Nenhum comentário:

Postar um comentário