CAMPANHA DE SOLIDARIEDADE

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

O capitalismo não tem futuro, salienta Rodong Sinmun


Pyongyang, 15 de janeiro (ACNC) – Na atualidade, muitas pessoas do Ocidente declaram por si mesmas o fim do capitalismo e cresce a tendência de se apreciar novamente o marxismo.

Isso comprova a verdade histórica de que o capitalismo se arruinará e triunfará sem falta o socialismo, afirma o diário Rodong Sinmun em um artigo individual publicado nesta terça-feira e continua:

Agora as contradições do sistema capitalista atingem o clímax.

Na medida em que se promove a acumulação de capital e se desenvolve a tecnologia nas sociedades capitalistas, se concentram os bens nas mãos dos monopolistas e se aumenta o número de empregados mentais subordinados aos capitalistas. Na sociedade capitalista que reina o princípio de vida baseado no dinheiro todo poderoso, a diferença, cada dia mais agravante, entre ricos e pobres agudiza ainda mais o antagonismo e as contradições classistas.

O capitalismo contem as contradições internas inevitáveis de seu destino final.

A classe capitalista fascistiza os aparatos de dominação reacionária e intensifica as manobras de agressão e guerra para manter sua posição privilegiada que se torna cada dia mais perigosa devido a crise política e econômica.

Sempre que a crise econômica se agrava, a classe capitalista e seus representantes, ou seja, os políticos ocidentais, se esforçam desesperadamente para manter seus regimes, intensificando mais a fascistização do sistema de dominação e realização reacionária da política.
 
Os capitalistas difundem em grande medida a ideologia e cultura antipopulares e reacionárias e o corrupto modo de vida burguês para adormecer a consciência ideologia independente das massas populares, subjugadas ao regime explorador capitalistas e converte-las em escravas do dinheiro. Por tal motivo, as pessoas se tornam mais ignorantes.

O arruinamento do regime capitalista se acelera por sua vida política reacionária, que deforma a vida material e o empobrece a vida mental e cultural das massas.

O tempo comprovará que o capitalismo desaparecerá da cena da história.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário