segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Coreia Popular insiste em frustrar penetração da ideologia e cultura do imperialismo


Na atualidade, prevenir a penetração da ideologia e cultura do imperialismo se coloca como uma questão importante para consolidar a base ideológica e política do socialismo coreano.

Destacou o diário Rodong Sinmun em um artigo nesta segunda e segue:

O mais temível para os imperialistas que pretendem dominar e saquear outros países é a unidade dos habitantes politicamente despertados.

A medida em que se fortalece a luta dos povos pela independência, as forças reacionárias imperialistas dão grande importância à penetração ideológica e cultural e se valem de todos os meios e métodos para isto.

O principal na penetração ideológica e cultural é divulgar a outros países a ideologia burguesa e o modo de vida capitalista.

No passado, a ideologia e cultura reacionárias serviram de guia na agressão imperialista e hoje em dia cumprem um papel protagonista.

Nos últimos anos, os EUA e outras forças imperialistas derrotaram o governo de alguns países e estabeleceram o poder pró-ianque mediante a penetração ideológica e cultural e a campanha psicológica. Isto foi o difícil resultado para conquistar nas guerras de agressão que lhes causaram incontáveis mortos e feridos.

Agora os reacionários imperialistas, inclusive os EUA, se entregam freneticamente à demagogia anti-RPDC de todas as formas e atuam com persistência para difundir a ideologia e cultura capitalistas no interior da RPDC, já que não podem destruí-la com a força.

Se deve eliminar pela raiz todos os elementos perniciosos e não socialistas em todas as esferas da vida social e estabelecer as nobres características ideo-espirituais e o modo de vida socialista.

Da KCNA

Um comentário:

  1. A religião é o poder mais perverso que existe, apoia e apoiou milhares de governos assassinos, dizimou comunidades originais, tudo em nome de Deus.

    ResponderExcluir