domingo, 10 de maio de 2015

Desenvolvimento espacial com fins pacíficos é direito legítimo da RPDCoreia, aponta ANDE

Pyongyang, 8 de maio ACNC


O desenvolvimento espacial é o espírito inflexível da Coreia da era Juche, a aspiração a prosperidade e a demonstração de força inesgotável para superar o nível mundial.
 

Mas os EUA, cheio de injustiça e teimosia, e seus satélites hostis induzem em erro a imparcial opinião pública do mundo com seus sofismas e opiniões injustas.

Uma delas é a cimas de que a construção do Centro de Controle Geral de Satélites da Administração Nacional de Desenvolvimento Espacial da República Popular Democrática da Coreia é uma “parte dos preparativos do iminente lançamento de misseis balísticos” e uma “provocação que infringe a paz e a segurança mundial” e “agravará o conflito com a comunidade internacional”.

Para piorar, eles dizem sem escrúpulos que a “capacidade de controle de lançador de satélite artificial é precisamente a de controle de misseis nucleares” e a RPDC “tentará usar como carta(...) para as negociações com os EUA”.

Acostumados a vetar a RPDC, a mentir e com mania de perseguição, advogam por incluir o Centro de Controle Geral de Satélites na lista de sanções da ONU, descrevendo-o como “instalação de controle de misseis balísticos de longa distância” e “estabelecimento disfarçado” para o desenvolvimento de misseis.

Em respeito disso, o porta-voz da Administração Nacional de Desenvolvimento Espacial da RPDC publicou no dia 8 uma declaração que expôs a seguinte posição de princípios da sua entidade:
 

Nada deve acusar mais ou interpretar erroneamente, nem falar a seu capricho sobre o justo desenvolvimento do cosmos da RPDC.
 

Alcançar a sofisticação tecnologia no domínio do desenvolvimento do cosmos é um importante trabalho que nossos cientistas, técnicos e operários realizam com dignidade e honra a nação.

Si EUA e outras malignas forças seguidoras armam alvoroços desnecessários dando as costas a realidade, isto se considerará como um vão ladrar de um cachorro.

Lançar ininterruptamente satélites com fins pacíficos no tempo necessário e no tempo fixado é a invariável posição da RPDC.

Lançar ao cosmos satélites artificiais fabricados com nossas próprias forças e tecnologias é nosso direito independente.

Mesmo que as forças hostis nos desafiem, os satélites da Coreia da era Juche seguirá sendo lançado ao cosmos no tempo e no lugar exigidos pela direção suprema da revolução coreana.

Se elevará cada dia mais o prestígio digno da RPDC, fabricante e lançadora de satélites, independente que alguém o reconheça ou não.

O desenvolvimento cósmico com fins pacíficos é o justo direito da Coreia de Songun optado pelo partido, o exército e o povo da RPDC.

Não mudará nunca a posição da RPDC, fabricante e lançadora de satélites mesmo que EUA e outras forças hostis neguem, e não será abandonado o desenvolvimento cósmico com fins pacíficos que se promovem segundo a ambiciosa meta estabelecida, mesmo que alguém negue.

Reafirmamos que nossos satélites seguirão sendo lançados ao céu de nosso planeta levando o temperamento inflexível da inteligente nação coreana e fazendo minúsculas as manobras das forças hostis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário