quarta-feira, 22 de abril de 2015

Coreia em festa comemora o 103º aniversário de Kim Il Sung

Foi marcada com grande gala as comemorações em Pyongyang e em toda a Coreia do 103º aniversário de Kim Il Sung.

Entre as várias atividades realizadas o Marechal Kim Jong Un, máximo líder do pais, além de homenagear seu avô e ao seu pai Kim Jong Il no Memorial Kunsussan, recebeu na sede do Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia cientistas, técnicos, operários e funcionários da fábrica de aviões que contribuíram para o aumento da produção de aviões.

Apontando que a construção de aviões ao estilo coreano é digna de orgulho de toda a Coreia socialista e uma vitória conquistada para homenagear os grandes líderes imortais e seus méritos acumulados no desenvolvimento da indústria aérea nacional para edificar um Estado próspero Kim Jong Un cumprimentou e parabenizou por seus méritos a todos os que participaram da fabricação dos aviões com recursos genuinamente nacionais.

Essa vitória demonstrou também a justeza e vitalidade da ideia do PTC de alcançar níveis sofisticados de poder da ciência e da técnica de Juche com competitividade mundial, assentando-se assim as bases para se desenvolver rapidamente a indústria aérea nacional. Ao trabalhar com o espírito Kunjari da década de 1950 vocês comprovaram que uma decisão tomada pela Coreia, se cumpre, e prepararam assim esse presente neste ano em que comemoramos os 70 anos de fundação do Partido do Trabalho da Coreia, afirmou também Kim Jong Un.

No imponente Palácio da Cultura do Povo foi oferecido um grande banquete comemorativo ao aniversário de nascimento do grande líder Kim Il Sung aos quadros de direção do Partido e do Estado, aos presidentes dos partidos amigos, membros das forças armadas, do Conselho de Ministros, das entidades de massas, à delegação da Associação de Coreanos Residentes no Japão, aos delegados da Associações de Coreanos de Ultramar, representantes diplomáticos de vários países, adidos militares, associações internacionais e hóspedes estrangeiros que contou com a participação de Kim Yong Nam, presidente da Assembleia Popular Suprema que se fez acompanhar por Pak Pong Ju entre outros destacados membros do governo.

Ao fazer uso da palavra o Ministro Choe Thae Bok, membro do Bureau Político do Comitê Central e do Secretariado do C.C. do PTC afirmou que na história política da humanidade não houve um tão jovem líder e decano político tão eminente e extraordinário com o Presidente Kim Il Sung que personificou no mais alto nível as características e qualidades de grande homem que dirigiu a revolução desfrutando de absoluto apoio e confiança do povo. Graças a nobre obrigação moral revolucionária do Dirigente Kim Jong Il e do PTC, o Presidente Kim Il Sung vive para sempre como sol de Juche e como eterno Presidente da República Popular Democrática da Coreia. Junto com a era da Ideia Juche continuam a sagrada vida e história revolucionárias do Presidente, sublinhou. E ergueu um brinde em honra do grande líder traduzindo o sentimento unânime dos oficiais e soldados do Exército Popular da RPDC, do povo coreano e da humanidade progressista do mundo.

Choe Thae Bok reafirmou também a posição do Partido do Trabalho da Coreia e do governo da RPDC de acelerar com vigor os trabalhos pela causa da reunificação da Pátria em acato ao legado dos grandes líderes do país e esforçar-se ativamente para a realização da independência do mundo e pela prosperidade da humanidade.

Foram realizadas também como parte das comemorações da importante data, manifestações culturais de massas nas ruas de Pyongyang e outras cidades, apresentações teatrais, o Festival Cultural Internacional Abril em Primavera, apresentações de concertos, comemorações em órgãos de governo, nos sindicatos, na Juventude Kim Il Sung, na Associação Democrática das Mulheres da Coreia e outras instituições da sociedade civil. Banquetes foram oferecidos pelas embaixadas de vários países acreditados na RPDC em homenagem ao grande líder Kim Il Sung.

Em muitos países do mundo o aniversário de Kim Il Sung é comemorado com inúmeras atividades. No Brasil um grande ato comemorativo será realizado em Goiânia no próximo dia 27 de abril com abertura de exposição de Arte Coreana na Assembleia Legislativa de Goiás e lançamento do livro de Kim Il Sung Memórias No Transcurso do Século volume 3 publicado em português pela editora Alfa Ômega.

ROSANITA CAMPOS

Fonte: Jornal Hora do Povo

Um comentário:

  1. Caros colegas, gostaria de saber como faço para estar viajando a RPDC para experimentar a sensação do último país socialista do mundo.

    ResponderExcluir