terça-feira, 21 de janeiro de 2014

2014, ano de grandes saltos e transformações na Coreia Socialista


2014 será um ano de luta impetuosa e de grandes transformações em que abriremos a prosperidade da Coreia de Songun, ao conquistas novos saltos em todos os domínios da construção de um Estado socialista poderoso e próspero, declarou Kim Jong Um, Máximo Dirigente da República Popular Democrática da Coreia, em sua mensagem de Ano Novo e lançou ante o Partido do Trabalho da Coreia e o seu povo a consigna combativa: Com a firme confiança na vitória, levantemos um forte vento para dar grandes saltos em todos os domínios na construção de um Estado poderoso e próspero!

O que atrai especial atenção em sua mensagem é que ele concedeu prioridade a agricultura, a construção e o setor das ciências e da técnica. Exortou que esses setores sejam a vanguarda na marcha com a tocha de inovações, que incentivam o avanço de todos os demais domínios da construção socialista.

Este ano se cumpre o cinquentenário da publicação das Teses Sobre o Problema Rural Socialista escritas pelo Presidente Kim Il Sung (1921-1994), fundador da Coreia Socialista. 

Neste significativo ano, Kim Jon Un pretende evidenciar a justeza e a vitalidade das teses mediante o fortalecimento das revoluções ideológica, técnica e cultural no campo e a conquista de transformações decisivas na produção agrícola. Daí ter enfatizado que os eforços desse ano pela construção econômica e a melhora da vida do povo devem considerar a agricultura como a maior prioridade e concentrar a força nela. Disse que nesse setor se introduzirá de modo ativo os científicos métodos de cultivo e trabalharão com grande responsabilidade até conquistas a todo custo a meta de produção de cereais apresentadas pelo Partido e que promoverão a pecuária e ampliarão o cultivo de cogumelos e de verduras em estufas para que o povo se beneficie da maior quantidade possível de seus produtos. 

Propôs abrir neste ano uma nova era de prosperidade na construção. 

Apresentou ao setor a tarefa de levantar muitos edifícios de categoria mundial que representem a era de Songun e obras destinadas a melhorar a vida dos habitantes; acelerar e terminar na data prevista as obras importantes como a construção de centrais hidroelétricas ao longo do rio Chongchon, a base pecuária na zona do Sepho, a Fazenda de Frudas de Kosan, a recuperação de pântanos e os canais de irrigação para a província de Hwanghae do Sul; impulsionar energicamente a construção de moradias, albergues e outros edifícios destinados a melhorar as condições e o ambiente da educação e levantar estabelecimentos culturais e de serviço; seguir levantando majestosas e elegantes construções na cidade de Pyongyang e ressaltar a peculiaridade de cada província, cidade e distrito, mediante a cooperação de militares e civis. 

As ciências e a tecnologia são a força motriz que impulsionam a edificação de um Estado poderoso e próspero e de seu desenvolvimento depende a felicidade do povo e o destino da pátria. 

Esse setor deve resolver os problemas para o futuro do desenvolvimento da economia nacional e a melhora de vida do povo, superar os demais na tecnologia de ponta e abrir um atalho para a estruturação da economia do conhecimento. Os científicos e técnicos, montados no cavalo alado que fora relegado pelo Partido e valendo-se de todo o talento e entusiasmo, devem conquistar grandes êxitos em seu trabalho e ser genuínos patriotas que contribuía com a edificação de uma pátria rica e poderosa. Em toda a sociedade concederão prioridade as ciências e a tecnologia, tanto que todos os funcionários e trabalhadores aprenderão com aplicação, levantando a consigna que os convoca a ser talentosos cientistas e técnicos. 

Após mencionar sobre as indispensáveis inovações no setor priorizado, as industrias básicas, e o restante das esferas da economia nacional, aclarou detalhadamente as tarefas das industrias metalúrgica, química, elétrica e carvoeira e do setor de transporte ferroviário. 

Além disso, falou sobre a necessidade de dedicar grande empenho na industria leve e pesqueira, destinada a melhorar a vida da população. 

Convocou a proteger e aumentar de maneira ativa as riquezas do país, entre elas os recursos subterrâneos, florestais e marítimos, e impulsionar com energia o reflorestamento com a participação de todo o povo e sublinhou concretamente as tarefas encaminhadas a dar grandes passos de avanço na educação e outros ramos da cultura, a elevar a capacidade de defesa nacional ao seguir dedicando grandes esforços a consolidação ainda maior da base político-ideológica da Coreia Socialista. 

Kim Jong Un aclarou sobre os caminhos para conquistas a meta do presente ano. Resumindo, a primeira é ativar ao máximo o potencial espiritual das massas, segundo, estabelecer uma firme disciplina e ordem revolucionárias em todos os campos e, a terceira, fazer com que os quadros se esforcem por todos os meios para cumprir sua missão como membros dirigentes da revolução e fiéis servidores do povo.

Movidos pela mensagem de Ano Novo de Kim Jong Un, o povo coreano está redobrando sua determinação, com a firme fé na vitória dos grandes saltos em todos os domínios da construção de um Estado poderoso e próspero, para assim firmar este ano como o ano da luta impetuosa e das grandes transformações. 

Fonte: Embaixada da RPDC no Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário