terça-feira, 9 de setembro de 2014

Carta do CEIJ enviada ao camarada Kim Jong Un

Estimado camarada Kim Jong Un, Primeiro Secretário do Partido do Trabalho da Coreia, Primeiro Presidente da Comissão de Defesa Nacional da República Popular Democrática da Coreia e Comandante Supremo do Exército Popular da Coreia,

O Centro de Estudos da Ideia Juche - Brasil envia a você, ao Partido do Trabalho da Coreia, e a todo o povo coreano nossas saudações mais calorosas e combativas por ocasião do 66º aniversário da gloriosa República popular e democrática, fundação esta que é fruto da culminação das várias décadas de luta do povo coreano por sua independência, pela libertação nacional, pela democracia e o socialismo. Heróis patrióticos do povo trabalhador e explorado como Kim Hyon Jik, Kang Ban Sok, Chol Ju, Kim Hyong Gwon, Ang Jung Gun, Chang Wei Hua e vários outros não deram suas vidas em vão. Foi graças ao esforço obstinado destes e de milhões de outros patriotas, democratas e comunistas que o povo coreano pôde, nos dias de hoje, desfrutar das benesses e da vida sem igual dada pelo grande sistema socialista estabelecido pelo Partido do Trabalho da Coreia. A luta de séculos do povo coreano pela libertação nacional e o socialismo produziu também líderes sem igual do povo coreano e dos povos do mundo, como o Grande Líder Camarada Kim Il Sung e o Dirigente Kim Jong Il.

A grande Revolução democrática, antiimperialista e antifeudal fundou uma grande república democrática e popular representando os interesses mais amplos de todo o povo coreano, como os operários, camponeses, pequenos e médios empresários e comerciantes, capitalistas com consciência nacional, religiosos patrióticos e vários outros estratos. A República Popular e Democrática da Coreia ostenta, desde sua fundação em 1948, brilhantes méritos e vitórias na revolução e construção socialistas. Um pequeno país com um povo heróico e revolucionário foi capaz de impor humilhantes derrotas contra o imperialismo mais assassino de toda a história, o imperialismo japonês, e ostenta até hoje ter sido o país a impor a primeira derrota militar da história contra o todo-poderoso imperialismo norte-americano.

Hoje, passados 66 anos da fundação da RPDC, o povo coreano segue firme na luta pela construção de um Estado poderoso e próspero, erguendo bem alto a bandeira do socialismo e resistindo bravamente a todas as ameaças e maquinações tramadas pelo imperialismo norte-americano e os fantoches que governam a Coreia do Sul. Sabemos que, sob sua direção, o povo norte-coreano continuará levantando bem alto a bandeira da luta revolucionária, apoiando todos os povos que lutam pela independência e pelo socialismo. Mantendo-se fiel a bandeira revolucionária do Kimilsunismo-Kimjongilismo o Partido do Trabalho da Coreia e o povo coreano lograrão a reunificação pacífica e independente da pátria, colocando fim à dominação colonial exercida pelos Estados Unidos na parte sul da península.

Receba nosso solidário e sincero apoio internacionalista à causa do povo coreano e do Partido do Trabalho da Coreia.

São Paulo, 9 de Setembro de 2014

Gabriel Martinez – Presidente do Centro de Estudos da Ideia Juche - Brasil

Alexandre Rosendo – Secretário Geral do Centro de Estudos da Ideia Juche - Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário